/* */
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Gramática na redação – Entenda o uso do MAS e Mais

Saber escrever corretamente, respeitando as regras ortográficas e gramaticais, é um grande diferencial no mercado de trabalho e na vida. Além disso, a linguagem culta e formal é exigida pelos exames de seleção, vestibulares e concursos públicos.

Por isso, é importante revisar as principais regras da gramática e praticar sempre, para que em um momento crucial, o candidato saiba usar esse conhecimento a seu favor.

A diferença entre Mais e Mas

“Mas” é geralmente usado como conjunção que introduz uma oração coordenada adversativa, ou seja, ele introduz uma frase com sentido de contraste com a informação anterior.

Existem outras conjunções equivalentes que podem substituir o mas, como porém, contudo, todavia, entretanto e as locuções adversativas como no entanto, não obstante e nada obstante.

uso do MAS e Mais

Um exemplo simples do uso da conjunção é o exemplo a seguir: Hoje acordei disposto, mas não quis caminhar. Outro exemplo é “O time jogou bem, mas não conseguiu a vitória”.

Já a palavra “mais” pode ser um advérbio de intensidade ou um pronome indefinido, com sentido contrário a palavra “menos”. Um exemplo de colocação é a frase “Fale mais baixo, por favor” ou “ Seja mais simpático”.

Acesse e saiba mais informações: Como fazer uma introdução na redação do Enem?

Quando usar Mais ou Mas

Na língua portuguesa, a conjunção “mas” introduz uma segunda oração, por isso antes dela deve vir uma vírgula separando as frases, conforme o exemplo a seguir: O livro não era meu, mas de um amigo.

Somente utiliza-se vírgula depois do “mas”, quando se intercalar oração ou adjunto adverbial na oração adversativa, de acordo com a frase: A loja era bem administrada, mas, por falta de investimento, não se crescia.

uso do MAS e Mais

Uso do MAS e Mais. Imagem:divulgação

Não há necessidade de vírgula depois de “mas” no início do período. Exemplo: Mas como ele chegou tão rápido?. A utilização da conjunção no início de frases deve ser criteriosa, pois sempre que antecedido de uma oração há uma vírgula antes da palavra, conforme a frase “Ele não foi ao cinema, mas ao restaurante”.

Redação do Enem 2016

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é indispensável para quem deseja ingressar no ensino superior, pois é utilizado no processo de seleção por muitas universidades públicas e privadas e nos programas do Governo Federal. O exame é composto por quatro provas de 45 questões cada, abrangendo todas as matérias ensinadas durante o ensino médio.

redacao_enem-size-620

Redação do Enem 2016. Imagem:divulgação

Também é realizada uma redação que geralmente abrange temas do cotidiano, por isso é necessário que os estudantes estejam atentos às notícias e às discussões na imprensa e sociedade. A redação tem um peso muito grande na média final do estudante, valendo 20% na nota final e ao todo a redação pode chegar a mil pontos.

Acesse e saiba mais informações: Como fazer uma tese na Redação do Enem

Possíveis temas da redação do Enem

A prova de redação é uma das mais importantes, devido ao seu peso na nota final do exame. Existem alguns assuntos que podem virar tema da redação do Enem 2016, entre os mais cotados estão a migração mundial entre os países, principalmente para os países europeus; os recentes casos de Dengue e Zika Vírus que se espalharam no Brasil;

Possíveis temas da redação do Enem

os casos de intolerância religiosa e de gênero que continuam a acontecer, a crise econômica mundial que está afetando diversos países, os casos de terrorismo praticados pelo Estado Islâmico, entre outros. É acompanhar os acontecimentos mais importantes na mídia, principalmente, nos meses próximos a prova.

Acesse e saiba mais informações: Como se posicionar na proposta de uma redação

Tipo de texto da Redação do Enem 2016

Geralmente, os textos cobrados nas redações dos principais vestibulares e processos seletivos estão entre nos seguintes estilos: narração, dissertação e descrição.

Contudo, isso não significa que modelos como carta, poesia ou mesmo crônica caiam na prova. Por isso, o candidato deve estudar todos os tipos de textos e, no momento da escrita, respeitar as normas gramaticais e textuais, escrevendo corretamente as palavras e a acentuação.

A dissertação é o tipo de texto mais comum nas provas de redação. Nele se deve ter um texto argumentativo, além disso, o estudante deve demonstrar conhecimento sobre o tema escolhido, abordando causas, consequências, com uma introdução, desenvolvimento e conclusão.

banner728x90_apostilaenem1

Nesse modelo, se usa verbo na terceira pessoa do singular, frases curtas e objetivas. Não se devem usar termos coloquiais e se deve evitar a utilização de palavras no gerúndio. O texto deve ser bem fundamentado, com argumentos assertivos e persuasivos.

Assista este vídeo e Descubra como você também pode transformar sua Redação do Enem!

Recomendados para você: